Projeto recolherá 3,5 mil toneladas de entulhos na Baixada Fluminense

Projeto recolherá 3,5 mil toneladas de entulhos na Baixada Fluminense

Rio de Janeiro-  Seis prefeitos de municípios da Baixada Fluminense reuniram-se hoje (22/02) com o secretário de Estado do Ambiente, Carlos Minc, para discutir o Projeto Entulho Limpo, que prevê a coleta e reaproveitamento do entulho recolhido da construção civil da região. A iniciativa da secretaria é pioneira no estado e deverá recolher 3,5 mil toneladas de resíduos sólidos a partir de agosto. Serão 107 pontos de coleta e seis áreas de triagem e transporte de entulhos para locais adequados de tratamento, disse o secretário.

“É grande a quantidade de entulho, acumulado às margens dos rios, das lagoas e ruas, na Baixada Fluminense, o que prejudica e anula os efeitos da nossa obra. Então, para fazer as obras e gerar resultados, convocamos os prefeitos, organizamos um consórcio e conseguimos um recurso para inicialmente organizarmos os 107 pontos de coletas de resíduos sólidos. Uma vez concretizado, o projeto se expandirá para demais regiões do estado, com a finalidade de vender os insumos para as empresas de construção civil em geral. Pretende-se completar os 200 ecopontos e fazer algumas usinas de moagem de entulho” explicou Minc. A primeira etapa coube a São João de Meriti, na Baixada Fluminense, com a instalação de uma usina de moagem de entulho.

O investimento é R$ 28 milhões e será dividido entre os aos municípios de Belford Roxo, Duque de Caxias, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu e São João de Meriti, todos na Baixada Fluminense. Durante o encontro, foi discutida a área de transporte para destinação do entulho e  montagem final, que vai funcionar em abril.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: Agencia Brasil

http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-02-22/projeto-recolhera-35-mil-toneladas-de-entulhos-da-construcao-civil-na-baixada-fluminense

Facebook Comments

0 Comments

Leave A Reply

You must be logged in to post a comment.