TJ Rio inaugura CTR, o primeiro do país.

TJ Rio inaugura CTR, o primeiro do país.

 Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) é o primeiro do país a contar com um Centro de Tratamento de Resíduos (CTR). A inauguração do espaço foi nesta terça-feira, dia 18, na garagem do Fórum da Capital. A criação do CTR se deu graças à iniciativa da Associação Beneficente dos Amigos do Tribunal de Justiça (Abaterj) com empresas privadas.

O CTR possui um espaço de seleção do material (onde é analisado o tipo e a qualidade do papel), uma máquina fragmentadora (com capacidade de triturar até 120 folhas de uma só vez), uma balança e uma prensa que produz fardos de papel de até 150 kg. Todo o papel residual produzido pelo TJRJ será encaminhado ao centro de tratamento. Em seguida, integrantes do projeto Pais Trabalhando, do Departamento de Avaliação e Acompanhamento de Projetos Especiais– DEAPE, farão uma triagem do papel coletado. O material reciclado será vendido a empresas e a renda será utilizada nos projetos sociais desenvolvidos pela Abaterj.

O presidente do TJRJ, desembargador Manoel Alberto Rebêlo dos Santos, elogiou a iniciativa da Abaterj e destacou o pioneirismo do tribunal. “Hoje, temos infraestrutura suficiente para a instalação de um centro de tratamento. Nos dá muito orgulho em sermos o primeiro tribunal do País a dispor de um espaço que cuida de forma correta dos resíduos”, disse o magistrado.

A presidente da Abaterj, desembargadora Norma Suely Fonseca Quintes, endossou as palavras do presidente do TJRJ e comemorou o lançamento do CTR. “Estamos felizes em saber que o papel reciclado vendido vai somar aos projetos que já desempenhamos na Abaterj. Em dois anos, aumentamos em 130% o número de cestas concedidas aos funcionários”, afirmou. A associação aumentou de 1.000 para 2.360 o número de cestas distribuídas aos funcionários terceirizados que recebem menos de R$700.

Fonte: http://www.tjrj.jus.br/web/guest/home/-/noticias/visualizar/109107

Facebook Comments

0 Comments

Leave A Reply

You must be logged in to post a comment.